ROBESPIERRE

Resultado de imagem para robespierre

Naquela época a França estava mergulhada no Absolutismo e o rei governava com poder absoluto, apoiado pela nobreza e pelo clero que gozavam de privilégios. Cresce, porém, no fim do século o descontentamento dos camponeses e da burguesia, começam os protestos pelo fim dos privilégios e um clima de revolta se estabelece . Incapaz de encontrar solução para o estado de calamidade econômica e social, Luiz XVI convoca os Estados Gerais para resolver a falência das finanças. Ele não sabia ainda que seu fim estava perto.

O jovem advogado Maximilien François Marie Isidore de Robespierre (1758-1794) pretendia mudar o destino da França. Ele ajudou a fundar e foi líder do Partido Jacobino na Convenção Nacional. Seus discursos captavam o espírito da França revolucionária. Os ideais da Revolução Francesa – liberdade, igualdade e fraternidade – compunham seu slogan predileto. Robespierre tornou-se famoso como político sério e “incorruptível”. Seu objetivo era eliminar os privilégios e instituições do Antigo Regime. Ele propagou ideias revolucionárias para a época, como o sufrágio universal, eleições diretas, educação gratuita e obrigatória, e imposto progressivo segundo a renda.

Proclamada a república, em 1792, Robespierre mostrou sua nova face. Não hesitou muito para selar o destino do rei, aprisionado por revolucionários. Luís XVI foi julgado, condenado e, a 21 de janeiro de 1793, decapitado na guilhotina.

No auge da revolução, os jacobinos, liderados por Robespierre, implantam um regime de terror. Membros da nobreza e do clero são mortos e até os Girondinos, facção moderada dos revolucionários, são acusados de não defender a revolução. Por consequência vários de seus simpatizantes são guilhotinados. Robespierre justificava o reinado do terror, o qual “nada mais é do que a justiça rápida, violenta e inexorável. É, portanto, uma expressão da virtude”.

Robespierre havia assumido poderes ditatoriais. Calcula-se que o terror jacobino causou dezenas de milhares de vítimas, entre elas o químico Antoine Laurent de Lavoisier (1743-1794). Em apenas 49 dias, mandou-se executar 1.400 pessoas. No final, o terror engoliu os terroristas. Devido à violência de seu governo, perdeu popularidade. Em 27 de julho de 1794, foi preso e executado na guilhotina no dia 28.

 

VEJA MAIS:

 

Filme: O PIMPINELA ESCARLATE(1935)

Resultado de imagem para O PIMPINELA ESCARLATE(1935)

O Pimpinela Escarlate (na França do século XVIII, um aristocrata – Leslie Howard – leva uma vida dupla. Passa-se por um nobre afetado e patético. Ele trama secretamente, com o uso de disfarces, planos para livrar-se da nobreza e da população do reinado de terror imposto por Robespierre.

 

 

 

Livro: “Robespierre-virtude e terror”

 

Resultado de imagem para Livro: “Robespierre-virtude e terror”

 

Robespierre, o líder dos jacobinos na Revolução Francesa, proferiu discursos implacáveis, que defendem a punição dos inimigos, atacam a pena de morte, o julgamento do rei e a marginalização de atores e negros. Neste livro estão reunidos alguns de seus principais textos, que chamam atenção pela atualidade das questões abordadas.

 

Terror! Robespierre e a Revolução Francesa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s